Copy
View this email in your browser

Voltamos.

Pós-carnaval, e pós-processo intenso que nos traz hoje o primeiro report de tendências da Bits to Brands.

Ano passado fizemos uma curadoria que se tornou um artigo. Para esse ano, produzimos 45 páginas de um conteúdo mais original, mais criativo, e diria até que mais confiante. Reflexo de toda evolução desse projeto de lá pra cá :)

São seis tendências que ligam diversos pontos, cada uma delas sem qualquer pretensão de prever um futuro distópico. Ao invés disso, queremos mostrar alguns padrões por trás de acontecimentos do dia a dia HOJE, que indicam algo maior.

O que a mãe do Guilherme tem em comum com a Lu do Magalu?
O que o Baby Yoda tem a ver com a Branding Lab?
O que a J Lo no Superbowl, a Jane Fonda sendo presa toda semana e o Apple Watch estão nos mostrando?
Qual o impacto comum da Nath Finanças e do Guilherme Benchimol?

Vamos descobrir juntos.

Nesse material você encontra a nossa definição de tendências (e por que não há pressa em consumir esse tipo de conteúdo), os principais reports que inspiraram essa construção, e cada uma das tendências mapeadas resumida, explicada e ilustrada com exemplos nacionais e internacionais. São elas:

  1. Pessoas Virtuais

  2. Era da Interação

  3. Economia do Conteúdo

  4. Quem Quer (o seu) Dinheiro

  5. Um Novo Envelhecer

  6. Hall of Faces


Você consegue baixar o material - que é gratuito! - clicando na imagem abaixo ou aqui nesse link.

[ Importante ressaltar que se você já é assinante da newsletter, é só colocar o mesmo e-mail cadastrado aqui, que seu cadastro permanecerá exatamente igual. A landing page serve para que possamos acompanhar quantas vezes esse material foi acessado e, claro, para que novas pessoas possam conhecer a Bits através dele. ]

Esse report foi feito para ser compartilhado. Assim, peço que se o material for útil ou interessante, você compartilhe usando o link dessa página, e marque a Bits nas redes sociais.
 

Obrigada por compartilhar a expectativa desse material que foi o mais desafiador e interessante que eu já produzi até hoje. Aproveite muito esses insights, e depois vem me contar o que achou!
- Beatriz
~ VEM DE INSTAGRAM ~

a nossa plataforma principal é e sempre vai ser o e-mail, mas tenho gostado muito da facilidade de trocar ideias e disseminar a Bits via Instragram.
nos próximos dias, vamos abordar cada uma das tendências do nosso report em posts por lá.
segue a gente: @bitstobrands
A edição mais comentada até hoje
Virou post no Guia Além. A Bits to Brands #72, feita em parceria com a marca Além, agora está eternizada nesse blog cheio de outras ótimas dicas de viagem. Para refletir novamente sobre por que viajamos.

Comunidade é vantagem competitiva
Da inquestionável Harvard Business Review, um artigo sobre as novas expectativas dos consumidores com as marcas, e exemplos interessantes de comunidades que grandes empresas tem criado em torno de si. Tudo a ver com a tendência número 3 ;)

"Build Your Own Brand Voice"
A Amazon está colocando à disposição das marcas sua inteligência para a criação de uma voz exclusiva que as represente. É mais um pouco do futuro sendo desenhado na nossa frente, e a tal "persona da sua marca" sendo levada ao próximo nível.

E falando em voz..
A Semrush listou 50 fatos sobre a pesquisa por voz, que já é uma realidade para boa parte das pessoas e precisará ser para as marcas o quanto antes. São dados de diversas fontes, um prato cheio para quem quer mergulhar nesse assunto.

O principal talento do Steve Jobs
Não era criar produtos incríveis. Era seduzir pessoas. Que a Apple está tanto para luxo quanto para tecnologia, nós sabemos. Esse artigo de um ex-funcionário da empresa mostra quais ferramentas Jobs usou para levar a marca a esse status.

 
essa semana, gostaria que a leitura escolhida de cada um de vocês fosse o nosso report de tendências. por isso, deixo a lista de todos os livros que já recomendamos nesse link aqui, e semana que vem voltamos com novas dicas.

Confesso que assisti "The Goop Lab" mais por curiosidade do que por interesse na temática da série.

As críticas polêmicas me trouxeram aquele FOMO de "o que está acontecendo aqui?" quase inevitável. 

Ela é bem produzida, totalmente diferente de qualquer outra coisa e mais um exemplo do grande case que essa marca se tornou quando o assunto é transitar entre produto e conteúdo de forma quase imperceptível.

Mas não deve ser levada ao pé da letra. Quando assistir, você vai entender por que. 

Não é uma obra prima do entretenimento, mas valeu assistir alguns episódios para entender o hype e a tendência que representa.

Se alguém te encaminhou essa newsletter e você quer receber direto na caixa de entrada toda semana, clique aqui:

SIGA NAS REDES SOCIAIS:

@bitstobrands @bitstobrands
Bits to Brands Bits to Brands
@beatrizguarezi @beatrizguarezi
Beatriz Guarezi Beatriz Guarezi
Copyright © 2020 Bits to Brands, All rights reserved.

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.