Copy
View this email in your browser
Tempo de leitura: 6 minutos

Para quem chegou há pouco tempo, normalmente toda edição começa com um tema explorado em profundidade, e depois partimos para curadoria. Mas uma edição pocket vai direto para a curadoria - que é o nosso caso hoje.

Isso porque primeiro e mais importante, são muitos links interessantes a compartilhar, e eles tomaram bastante espaço. Segundo e também relevante, que a pressão por produzir conteúdo relevante em meio a tanto excesso me deu um certo bloqueio criativo. Resolvi falar abertamente sobre ele, porque pode ser que não seja só eu.

Venho acompanhando o crescimento intenso na quantidade de conteúdo produzido por aí, numa onda de "agora que você está em casa, vem passar todo seu tempo livre com a gente e as nossas dicas". O que tem funcionado para muita gente, mas pode ser também bastante oportunista. Fora a ansiedade em ter tantas lives para acompanhar o tempo todo.

Tem quem nunca falou de saúde antes, e de repente é expert em pandemias e vírus. Há de se ter muito cuidado. Tem também quem resolveu ignorar completamente o assunto e seguir a programação normal. Mas dá uma certa sensação de violinista do Titanic às vezes, não?

Enfim. Quase 80 edições depois, me sinto confortável para compartilhar aqui que não sei ao certo que tipo de conteúdo produzir hoje. E acho que tá tudo bem.

Estamos todos vivendo uma situação sem precedentes, e sem perspectiva de desfecho. Entramos num túnel escuro, não dá pra sair e ainda não se vê a luz ao fim. Ansiedade é normal. Se sentir perdido é normal. A dificuldade para produzir, também. A pressão para ser relevante para as pessoas, maior ainda. Dividir com seus assinantes um breve desabafo, também é normal. Pelo menos, eu gostaria que fosse.

O que faltou em conteúdo original está devidamente compensado em curadoria. Tem artigos, case legal, case não tão legal, live, palestra e até jobs!
Dá pra se informar bastante, e se distrair um pouco também.
E é nesse equilíbrio que eu espero que a gente siga. Semana que vem tem mais.
Fique bem.
- Beatriz
~ conteúdo e sinceridade ~

é assim que a gente segue por aqui, uma semana e um assinante de cada vez
quem gosta do conteúdo, compartilha
e assim vamos há quase 2 anos, e quase 6 mil assinantes. ♡
Semana do Marketing de Relacionamento
Essa semana, a Resultados Digitais preparou um conteúdo especial sobre marketing de relacionamento. De segunda a sexta, uma live por dia com discussões sobre o tema. Na segunda-feira, eu participei de uma dessas conversas, com o Fernando Octávio, da Globosat. Falamos de construção de comunidade, do que fazer e também do que não fazer para construir um relacionamento com clientes. O conteúdo de toda a semana vai ficar disponível, então a dica é se inscrever o quanto antes e ir assistindo aos poucos.

Como as marcas vem respondendo ao coronavírus
Nessa lista que a Ad Age atualiza todos os dias desde 13 de março. Diversas ações reunidas em um só lugar, para se manter informado e reunir referências nas próximas semanas.

Enquanto isso, no Brasil..
A hamburgueria Patties pensou num jeito bem legal de ajudar o seu vizinho, um pequeno mercado fortemente impactado pela quarentena.
O Nubank tem sofrido no Twitter depois de anunciar uma ação que aparentemente envolve créditos para delivery e consultas médicas - mas não inclui flexibilização do pagamento de faturas ou juros nesse momento em que as pessoas tanto precisam.
O manifesto Nossa Entrega, que o iFood tem divulgado nas redes sociais e no horário nobre da televisão, que contempla entregadores, consumidores e restaurantes.

Corona-influenciadores
"Conforme as redes sociais se tornam hubs de informação sobre a pandemia, uma nova categoria de influenciadores cresce". E eles não necessariamente são especialistas no assunto, mas são muito bons em montar threads no Twitter.

A pandemia e a "amazonificação" do mundo
Metade análise, metade previsão. A crise econômica que atinge o mundo tem tudo para deixar centenas de milhares desempregados. Ao mesmo tempo, Amazon abre 100 mil vagas nos EUA. A empresa de delivery DoorDash anunciou outras 300 mil. Esses dois fatos, juntos, tendem a levar muito mais gente ao trabalho precarizado, muito mais rápido do que se imaginava. E talvez para ficar.


Pra que tanto papel higiênico?
É o que esse artigo da BBC tenta esclarecer, com economia comportamental. Aparentemente, "não acreditamos quando nos dão uma solução pequena para um problema grande". Não pode ser tão simples quanto lavar as mãos com sabonete. Não é possível. Aí vem o primeiro carrinho cheio de papel higiênico, depois o segundo, e o terceiro....

Uma análise zero essencial mas nem todo dado precisa ser sério
Quais emojis vem representando o coronavírus e, consequentemente, aumentando drasticamente o uso nas últimas semanas.
hoje vamos fazer algo diferente, e inverter a lógica dessa seção.

depois de dezenas de livros recomendados, chegou a minha vez.

me responde esse email com:
qual livro tem te acompanhado nessa quarentena, e você gostaria de recomendar?

preferência para leituras leves, ficção ou desenvolvimento pessoal, que ajudem a passar o tempo e distrair nos próximos dias. semana que vem faço a coletânea de vocês aqui :)
e pra você que quer dicas já, todos os livros que já recomendamos até hoje estão aqui
se você tem um projeto de conteúdo e quer vê-lo por aqui, é só mandar um e-mail :)
esse não é exatamente um projeto de conteúdo, mas é um aviso vindo direto do nosso ecossistema, que acho que pode servir para muita gente por aqui.

a Rock Content, startup de marketing de conteúdo e parceira querida da Bits to Brands, tem como uma das bases do seu negócio freelancers de conteúdo.

durante muito tempo, a entrada de novos freelas ficou suspensa, mas agora eles estão com "novas vagas abertas para profissionais que querem levar sua carreira freelancer a outro patamar".

e imagino que essa oportunidade possa estar vindo em um bom momento para muitos. espero que aproveitem e compartilhem com os colegas.

precisa ter:
  • Domínio de inglês, para atuar em projetos de grandes marcas e lidar com referências e pesquisas internacionais.
  • Profissionais PJ ou MEI com disponibilidade full-time.
se você é essa pessoa, inscreva-se no Banco de Talentos da Rock.
Em novembro do ano passado eu encarei o maior desafio profissional da minha vida: o segundo maior palco do maior evento de marketing e vendas da América Latina.

No RD Summit 2019, ensinei tudo que eu sei sobre newsletter para 3.000 pessoas, na esperança de que elas tenham saído de lá encantadas por esse formato (assim como eu), e com muitas ferramentas para começar ou melhorar a sua.

E agora essa palestra está DISPONÍVEL ONLINE para quem quiser ver (ou rever). E junto com ela, outras ONZE palestras do Summit.

São 35 minutos de "O poder do e-mail: o crescimento e o futuro da newsletter, e como usá-la a favor da sua marca", pra quem quer investir nesse formato, conhecer melhor a mim e à Bits, ou só aprender algo diferente.

Assista aqui. (e depois me conta o que achou :))

Se alguém te encaminhou essa newsletter e você quer receber direto na caixa de entrada toda semana, clique aqui:

Siga nas redes sociais:

@bitstobrands @bitstobrands
Bits to Brands Bits to Brands
@beatrizguarezi @beatrizguarezi
Beatriz Guarezi Beatriz Guarezi
Copyright © 2020 Bits to Brands, All rights reserved.

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.